Aumenta o número de candidatos a vagas dispensados por causa de redes sociais.

“ Por Redação em – 02.07.2014 às 15h15 Cuidado com o que você posta nas redes sociais. De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria CareerBuilder, mais da metade das empresas admitiu já ter dispensado possíveis futuros funcionários devido a postagens impróprias em redes sociais. Sites como Twitter e Facebook são cada vez mais usados pelos futuros patrões…

Detalhes

Tecnologia da FIFA pode ser aprimorada para identificar impedimentos no futebol.

“ Por Redação em – 03.07.2014 às 15h07 Mesmo diante de todas as inovações e maravilhas tecnológicas que temos disponíveis atualmente, ainda percebemos uma nítida resistência para incluir a tecnologia e os benefícios que ela traz no mundo futebolístico. Por causa desta resistência sem sentido, muitas equipes já foram prejudicadas com gols mal anulados, pênaltis não marcados,…

Detalhes

Varejo mantém cautela na oferta de crédito.

“ Varejistas com atuação em financiamento a consumidores e instituições financeiras mantêm perspectiva cautelosa sobre oferta de crédito em meio a expectativas de uma leve alta na inadimplência do segmento este ano. Como as vendas cresceram pouco neste primeiro semestre, era de se esperar que os lojistas elevassem a concessão de crédito, para estimular o consumo. Porém,…

Detalhes

Aprendendo a impressionar positivamente.

Sim, a primeira impressão é a que fica. Desfazê-la dá um trabalho daqueles.

Do ponto de vista do sucesso profissional, eu diria que há duas lições importantes que podemos extrair de tudo isso. A primeira é: a intuição é uma ferramenta importantíssima. Quanto mais apurada ela for, mais bem-sucedidos seremos. Tornar a intuição mais aguçada equivale a confiar mais em si mesmo, a ouvir sua voz interior, que o conecta a seus instintos mais profundos. 

A segunda lição nos ensina que as primeiras impressões podem estar erradas, mas elas deixam sua marca, mesmo assim. Portanto, não perca tempo tentando provar a uma pessoa que ela se enganou a seu respeito. Em vez disso, preocupe-se em causar uma boa impressão desde o início. 
Poucas coisas são mais difíceis e desgastantes do que tentar convencer alguém de que a primeira impressão dela a seu respeito estava errada. E há um bom motivo para isso. Diversos estudos indicam que as impressões iniciais são muito mais poderosas do que poderíamos imaginar, pois estão ligadas a um mecanismo de defesa e proteção que o ser humano desenvolveu para que pudesse sobreviver como espécie.

Assim, em vez de tentar lutar contra isso, uma pessoa orientada para o sucesso preocupa-se em causar uma boa impressão logo de cara. Mesmo porque, às vezes, essa impressão inicial que alguém registra a seu respeito pode ser sua única chance. Como você poderia convencer um funcionário de recursos humanos – que, por algum motivo, teve uma impressão desfavorável a seu respeito durante uma entrevista para emprego – de que ele está errado e que você é a pessoa certa para o cargo? Ou como convencer um investidor que não simpatizou com você de que o seu projeto é excelente? Como eu poderia tentar convencer Donald Trump de que seus instintos estavam equivocados se não tivesse surgido nenhuma empatia entre nós quando ele me disse “você tem três minutos para me vender a sua ideia”?

O principal problema de se aventurar nessas missões impossíveis — ou quase impossíveis — é que, muitas vezes, nem ao menos percebemos que causamos uma impressão desfavorável, e muito menos os motivos pelos quais isso aconteceu. Pensamos: “Mas meu projeto era perfeito!” ou “eu tinha todas as qualificações necessárias para aquele cargo”, ou, ainda, “com certeza eu estava pronto para aquela promoção”, sem nos darmos conta de que o problema é mais complexo. Antes mesmo que nossos projetos, ideias, méritos e qualificações sejam avaliados, nossa personalidade já o foi. Conforme vimos, essa avaliação é feita pelo inconsciente adaptador e, como tal, é rápida, instintiva e acontece no exato instante em que duas pessoas se encontram pela primeira vez. E se, por alguma razão, formos reprovados nessa avaliação, é bem pouco provável que consigamos passar com sucesso para a segunda fase, que é a avaliação de nossos projetos, ideias, méritos e qualificações.

A boa notícia é que você pode — e deve — ter mais controle sobre a primeira impressão que você provoca em alguém. Prova disso é a existência de empresas como a Hurry Date e a First Impressions e, é claro, as experiências de empresários como eu próprio — afinal, consegui vender minha ideia a Donald Trump após os três minutos que ele me concedeu — e muitos outros que continuam abrindo canais para transformar suas ideias em negócios bem-sucedidos.

Ao lerem estas linhas, muitos dirão: “Mas eu não sou carismático, não nasci com uma personalidade ‘magnética’”. É verdade que algumas pessoas parecem ter o “dom” de causar uma impressão favorável naturalmente, sem esforço algum. Contudo, isso ocorre porque elas desenvolveram a habilidade de lidar com uma série de fatores que contribuem para transmitir uma imagem favorável. Esses fatores vão desde o autoconhecimento até a intuição aguçada, passando pela comunicação verbal e não-verbal, pela capacidade de criar empatia, de transmitir confiança, de saber ouvir e de demonstrar interesse genuíno pelo outro, e assim por diante. E se essas pessoas conseguem, você também pode conseguir.

 

 

 

Fonte: Administradores.com

“”

GoPro completa seu IPO e agora vale 3 bilhões de dólares.

Após se preparar nesta manhã para estrear na bolsa de valores, a GoPro abriu seu capital e está listada na NASDAQ sob o código GPRO. A empresa agora vale 3 bilhões de dólares.

As ações da empresa começaram o dia valendo 24 dólares, subindo rapidamente para 30 dólares por papel.

Os investidores ficaram meio preocupados anteriormente, porque a empresa apresentou faturamento 8% menor no primeiro trimestre do ano, em relação ao mesmo período de 2013, mas os números no geral foram animadores, com vendas chegando a quase US$ 1 bilhão e lucro líquido de US$ 60,6 milhões.

No entanto, a empresa enfrenta desafios pela frente, e o principal deles, obviamente, é continuar crescendo. A companhia espera que os milhões de vídeos que são colocados por seus usuários na internet forneçam à empresa um negócio secundário com mídia digital, que será uma fonte extra de renda. Ela já possui contas bem populares no Facebook, YouTube e Twitter, e recentemente adicionou um canal dedicado na rede do Xbox, da Microsoft, além de um acordo para exibir vídeos em voos da companhia aérea americana Virgin American.

 

 

A empresa também não se sente ameaçada pela constante melhoria na qualidade das câmeras dos smartphones, já que o foco da GoPro são os esportes. Compactas e bastante resistentes, as câmeras da companhia vieram para dar a skatistas, surfistas, esquiadores e todo praticante de atividades do tipo uma chance de registrar imagens a partir de seu ponto de vista, quase que como em um game em primeira pessoa. A linha Hero caiu no gosto do público devido às boas imagens registradas e esse sucesso se refletiu em números, e em apenas 10 anos a companhia atingiu esse valor de mercado, que é dominado por gigantes tradicionais como Olympus, Canon, Nikon e Pentax.

Matéria completa: http://corporate.canaltech.com.br/noticia/gadgets/GoPro-completa-seu-IPO-e-agora-vale-3-bilhoes-de-dolares/#ixzz35w6DLYkg 

 

 

 

Fonte: Canaltech

“”

LG G Watch chega ao Brasil no próximo mês.

Em pré-venda em diversos países europeus e asiáticos por US$ 255, o LG G Watch tem um design bem mais simples do que o de seus concorrentes, o que poderá torná-lo comercialmente melhor. E em julho é a vez do Brasil receber o relógio. 

O eletrônico é o primeiro relógio inteligente da LG a operar com o Android Wear, sistema do Google que leva o Android para produtos vestíveis.

A fabricante LG anunciou que "o design simples do G Watch traz acesso fácil a informações úteis e conectividade direta com smartphones Android, permitindo que o usuário, além de ver a hora, tenha acesso a mensagens, ligações recebidas e controle da lista de música sem tirar o smartphone do bolso".

Com um sistema aperfeiçoado de reconhecimento de voz, o G Watch deixa de obter botões, o que destaca seu design simples e eficiente. O aparelho é resistente a poeira e água e deve chegar ao mercado brasileiro no mês de julho, com preço a ser divulgado pela LG.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/smartwatches/LG-G-Watch-chegara-ao-Brasil-no-proximo-mes/#ixzz35w5DVFJ4 
 

 

 

Fonte: Canaltech

“”

4 dicas infalíveis de coaching para aumentar a produtividade

Existe uma série de técnicas de coaching que você pode praticar para aumentar sua produtividade e melhorar o padrão com o qual você realiza suas atividades.

 

1 – Concentre suas forças

Em reuniões de estratégia corporativa, os gestores se concentram em aumentar o “retorno sobre o patrimônio” (ROE). O propósito da estratégia de negócios é alocar os recursos da empresa de tal maneira que produzam o maior retorno financeiro possível sobre o próprio capital investido. Aqui temos outro tipo de ROE para você.

Na definição da sua estratégia pessoal, seu objetivo deve ser obter o maior “retorno de energia”. Seu trabalho é alocar seus talentos e habilidades para conseguir o maior retorno possível sobre as energias mentais, emocionais e físicas investidas em seu trabalho. O maior retorno de energia acontece quando você combina seus talentos e habilidades com as necessidades específicas indispensáveis em uma determinada situação. Sendo assim, a chave para a alta produtividade é focar e se concentrar unicamente na tarefa em questão.

Sempre que tiver um trabalho novo para fazer, pergunte a si mesmo: “Será que este trabalho me dará o maior retorno da energia investida?” Discipline-se a aplicar suas habilidades onde você possa conseguir os melhores resultados e benefícios, tanto para você quanto para sua empresa.

2 – Maiores Resultados

Concentre-se onde é possível atingir maiores resultados. Foque nas poucas áreas, nas quais o seu ótimo desempenho pode trazer excelentes resultados. Normalmente, menos de 5% do que você faz corresponde à maioria dos seus resultados. Sempre se pergunte: “O que eu, somente eu, posso fazer que, se bem feito, fará uma grande diferença?”.

Discipline-se a não realizar tarefas que, não importa o quão bem você as faça, não ajudarão você em sua carreira. Elas não darão um retorno tão elevado de energia.

3 – Foque no seu melhor

Quando você faz atividades nas quais se sobressai, consegue fazer mais, cometer menos erros e ser mais produtivo. E não é só isso! Você aprecia mais o seu trabalho quando trabalha em atividades as quais sabe fazer bem. Quais são as atividades que você faz melhor do que ninguém? O que você faz facilmente e, no entanto, parece difícil para os outros? Concentre-se em seus talentos únicos e nas áreas em que possa alcançar maiores resultados. Esta é a chave para chegar ao auge do desempenho.

4- Torne-se Líder Coach e potencialize resultados

Ser coach é uma habilidade, uma competência, uma profissão e um estilo de vida. Sempre pautada em resultados, a carreira desenvolve liderança e empreendedorismo pessoal e profissional, podendo trazer benefícios para todas as áreas da vida.

Um estudo da The Manchester Review Review mostrou que o processo de coaching beneficiou as pessoas nos seguintes quesitos: aumento da autodescoberta e do autoconhecimento, definição de objetivos que propiciam uma vida mais equilibrada, diminuição do estresse diário, melhoria da qualidade de vida e otimização das relações interpessoais.

Tornando-se um coach, você também irá se autodesenvolver e aprimorar todas as habilidades de liderança, despertando o seu máximo potencial para fazer com que pessoas, equipes e empresas alcancem os resultados esperados.

 

 

 

Fonte: Administradores.com

“”

Omnichannel: excelência em todos os canais?

“ A convergência multicanal é um dos assuntos mais em voga no varejo mundial. Hoje é o cliente quem decide quando e onde comprará seus produtos. Para que o varejista coloque em prática uma operação omnichannel eficiente (integração entre e-commerce, lojas físicas, mobile, etc) em seu negócio, precisa primeiro contratar alguém para a orquestração dos…

Detalhes