Varejo tem fraco desempenho, mas existem saídas

O volume de vendas no varejo registrou o pior desempenho desde 2003, de acordo com dados divulgados, recentemente, pelo IBGE. Observando essa queda na atuação do setor, podemos vislumbrar a análise de dados como uma saída crucial para a recuperação do varejo. Ela permitirá a captação e fidelização de novos clientes, redução de custos, entre…

Empreendedor: O que aprendi falindo

Empreendedor: O que aprendi falindo Empresários provam que falência não é sinônimo de derrota É natural que um empreendedor crie grandes expectativas acerca do futuro de seu negócio. A empolgação e otimismo tomam conta do momento e às vezes desviam a atenção de assuntos que precisam ser discutidos e pensados. O resultado disso são tomadas…

Comentários sobre o mercado

Comentários sobre o Mercado • Os índices de futuros norte-americano apontam para uma abertura estável ou em queda na segunda-feira, sendo que os indicadores do mercado imobiliário devem dominar esta semana após a publicação de dados econômicos fracos. • Os futuros no S&P estão tendo um desempenho fraco e apontando para a possibilidade desse último…

Quatro atitudes para enfrentar a crise

Quatro atitudes para enfrentar a crise O “remédio” que curará nosso país é amargo e cada brasileiro tem que fazer sua parte nesse “tratamento”. Conheça quatro atitudes que serão capazes de definir seu sucesso ou fracasso neste novo ciclo desafiador Até o ano passado tivemos quase duas décadas de uma ilusória bonança no nosso Brasil.…

Terceirização em Vendas

Terceirização em Vendas O CORAÇÃO DE TODA ORGANIZAÇÃO É A ÁREA COMERCIAL. ELA PAGA AS CONTAS DE TODOS OS COLABORADORES POIS TEM O CLIENTE FINAL NO ATENDIMENTO. ABAIXO SEGUE OS PRÓS E OS CONTRAS DE TERCEIRIZAR SUAS VENDAS. O termo outsourcing – que traduzido do inglês significa terceirização – vem sendo muito utilizado pelas organizações…

Como proteger seu cartão de crédito de fraudes

CARTÃO DE CRÉDITO Introdução Cartões de crédito são sinônimo de praticidade. Com eles, você pode pagar despesas sem ter que andar com dinheiro em espécie ou cheque e, nas lojas on-line, muitas vezes consegue receber o produto mais rapidamente por confirmar o pagamento no ato. Criminosos também estão interessados nesta praticidade toda – desde que…

Redes focam cada vez mais na região nordestina para expandir base operacional

Há uns quatro anos o Nordeste está em evidência, sendo o foco da expansão de muitas franquias. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que o número de franquias na região cresceu cerca de 17,7% de 2012 para 2014, o surgimento de marcas teve crescimento de 18%, e quinze novos shoppings foram inaugurados nos estados nordestinos.

“A migração para o Nordeste é resultado do aumento significativo da renda da população local. Além disso, há menos concorrências nessas cidades, onde as marcas estão começando a explorar o mercado, o que torna a região ainda mais atraente para os investidores”, afirma José Fugice, sócio fundador e atual Diretor de Desenvolvimento de Negócios e Relacionamento da GOAKIRA.

Uma prova de que esse mercado é atrativo são as redes que pretendem chegar à região, como a Viva Eventos e a Sóbrancelhas. A Viva Eventos, única empresa na área de franquias especializada em eventos e festas de formatura, planeja abrir 20 unidades no Nordeste em dois anos. E a Sóbrancelhas, especializada em beleza, pretende inaugurar a primeira unidade nas cidades nordestinas ainda este ano, bem como atingir a marca de 30 unidades em 2 anos.

A Let’s Eat, rede de restaurantes mexicanos com hamburgueria, tem como alvo o Nordeste e está prestes a inaugurar sua primeira unidade em Sergipe. Pretende chegar a 20 restaurantes na região em três anos. “Há mais de dois anos o Nordeste é a bola da vez para a expansão de franquias, apresentando crescimento expressivo no mercado, com uma população que, a cada ano que passa, demonstra um maior potencial de consumo. Por isso estaremos presentes no mercado nordestino e planejamos crescer 100% em três anos”, revela Fabricia Vidaurre, diretora de expansão da Let’s Eat.

Também, marcas que já estão consolidadas nos estados nordestinos querem continuar crescendo na região. É o caso da Minds English School, da CEBRAC e do Mercadão dos Óculos. A Minds possui 16 unidades e quer chegar a 30 até 2018. Já o CEBRAC, com 17 escolas, pretende inaugurar mais 13 até 2017. “O Nordeste é uma das regiões onde o CEBRAC mais cresce. Em 2014, a região foi responsável por 30% da nossa expansão”, comenta Fabio Pozza, diretor de mercado da marca.

E o Mercadão dos Óculos, com sua expansão agressiva, projeta chegar a 10 lojas no mercado nordestino até o final de 2015, e alcançar 50 unidades no prazo de dois a três anos. “Temos duas lojas no Nordeste, e o sucesso é tanto, que esses franqueados irão inaugurar a segunda unidade ainda neste semestre”, comemora Gustavo Freitas, diretor de expansão da marca.

 

Fonte: http://www.falandodevarejo.com/